Rua Nicola Zaponi, 1481 – Parque Imperial – CEP 18606-265 – Botucatu/SP – Brasil

Como lidar com o medo

Como lidar com o medo
O QUE VOCÊ SENTE QUANDO PENSA EM MEDO?

Andar por lugares inseguros, perder o emprego, mudar de colégio ou faculdade, ficar doente, medo do escuro, de animais, de tempestades, da morte... Todos experimentamos o medo de vez em quando. Muitos psicólogos consideram que o medo é um dos problemas mais importantes de nossos tempos atuais.
Esta emoção, que é tão comum no ser humano, pode causar muito sofrimento e muitos problemas se sair do controle. Por isso, queremos falar um pouco sobre ele para que você possa identificar e, quem sabe, superar as causas do seu medo.

MAS, O QUE É O MEDO?
O medo é uma perturbação que produz em nós tensão e angústia, como resultado de acharmos que estamos expostos a algum tipo de perigo. Às vezes este perigo é real, mas muitas vezes o perigo é somente fruto de nossa imaginação.

Podemos dizer que o medo é algo muito perturbador. Mas, essa emoção funciona também como um método de sobrevivência, já que nos deixa em estado de alerta quando deparamos com uma ameaça.

Não ter medo de nada pode gerar um comportamento imprudente, que coloca a nossa vida em risco e, também, a vida de outras pessoas.

ENTÃO, É BOM TER MEDO?
Muitas vezes o medo é um excelente mecanismo de defesa diante do desconhecido. Não ter medo de nada pode gerar um comportamento imprudente, que coloca a nossa vida em risco e, também, a vida de outras pessoas. Os medos normais são o nosso sistema de alerta para evitarmos situações perigosas.

Mas, existem aqueles que se tornam escravos do medo. Por isso é preciso conhecer como o medo atrapalha a nossa vida.

O SER HUMANO SEMPRE CONVIVEU COM O MEDO. E GRAÇAS E ISSO TEM SOBREVIVIDO HÁ SÉCULOS.
Mas, às vezes, o medo não nos deixa avançar. Atualmente vivemos com muitos medos. Alguns têm sua razão de ser, outros são criados por nossa imaginação. Há medos leves e há medos tão profundos que se transformam em fobias.

QUANDO O MEDO PASSA A SER UM PROBLEMA?
Quando vai além de um certo ponto, o medo faz com que o ser humano bloqueie sua capacidade de reagir a situações que não são, de fato, tão ameaçadoras. A pessoa, então, adapta-se àquela situação e não enfrenta o problema. Aí o medo começa a ser algo perigoso.

Este é o ponto que faz a diferença entre o medo normal, que é útil, e o medo exagerado, que gera uma reação patológica. O primeiro aumenta a nossa capacidade de lidar e reagir diante da realidade. O segundo, ao contrário, limita ou anula esta capacidade, acorrentando a pessoa dentro de uma prisão de pânico e sofrimento.

O medo nunca desaparecerá enquanto você não enfrentar sua causa. Para superar o medo de fazer algo, você deve fazê-lo. Você não é a única pessoa que experimenta o medo. Vencer o medo é mais fácil do que conviver com ele pelo resto da sua vida.

E O QUE SÃO AS FOBIAS?
As fobias são um medo exagerado e persistente de um objeto, animal ou de uma situação que, na verdade, nem representam um perigo tão grave. Por exemplo, medo de aranhas, de insetos, de espaços muito abertos ou muito fechados, ou medo de altura. Diante destas situações ou objetos a pessoa reage de forma exagerada, podendo simplesmente “travar”, ou seja, ficar imóvel sem reação, ou manifestar uma agitação muito acentuada com gritos e fuga imediata.

Em casos específicos, é uma situação incontrolável que afeta até a qualidade de vida da pessoa, porque faz com que ela evita situações ou objetos que são a causa de sua fobia. Dessa forma, há uma limitação para tudo o que a pessoa vai fazer em sua vida. A ajuda profissional é sempre uma boa opção para lidar com as fobias, entender suas causas ou, até, avaliar se é de fato uma fobia ou algum outro transtorno envolvendo situações de ansiedade, por exemplo.

COMO VENCER O MEDO?
Vencer o medo não é algo fácil. Todos os esforços devem estar centralizados nas causas do medo, e não somente no alívio dos sintomas. Em geral, todos os nossos medos costumam estar relacionados a uma insegurança produzida por uma situação que é desconhecida para nós.

Uma coisa que ajuda a combater nossos medos é a esperança de que o amanhã traz os problemas, mas também traz novas soluções. O amor também ajuda é pode dar um grande alívio aos nossos medos. A companhia de uma pessoa querida, um abraço, uma palavra de conforto ou um conselho… Muitas vezes a solução pode estar ao seu redor. Outras vezes é necessária a ajuda profissional para tratar os sintomas do medo.

Mas é importante saber que sempre há uma saída, uma solução. Você pode falar com alguém da nossa equipe e contar quais são os seus medos, ou como foi sua experiência pessoal para lidar com eles. Você já superou algum tipo de medo?

CONCLUSÃO
E O QUE MAIS?

Pode ser que você tenha se identificado com estas informações sobre o medo. Não se preocupe! Ter medo é algo normal e todas as pessoas experimentam o medo em suas vidas, o tempo todo.

O importante é você saber que sempre há dois caminhos distintos. Queremos ajudar você a reconhecer estes caminhos, para conseguir seguir a melhor opção: você pode se submeter aos seus medos e deixar que eles atrapalhem a sua vida, imobilizando você e não permitindo que você avance. Ou pode lutar contra eles e superá-los. Uma forma de colaborar com essa segunda opção é você colocar a sua confiança em Deus, que é capaz de te dar forças para enfrentar esta luta diária.

Você pode continuar lendo o nosso conteúdo. Há mais informações e dicas úteis que, com certeza, irão ajudá-lo a tomar as decisões mais acertadas para melhorar sua vida.

“Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação”. Filipenses 4.13

Fonte: https://www.vivenciar.net/pb/conteudos/tenho-medo/

Compartilhar